19 janeiro 2007

Camera Obscura - "Let's Get Out Of This Country" (2006 Merge)

"Are You Ready To Be Heartbroken?", perguntava Lloyd Cole em 1984. A resposta chega 22 anos depois, "Lloyd, I'm Ready To Be Heartbroken", canção de apresentação dos escoceses Camera Obscura, presente no seu terceiro disco "Let´s Get Out Of This Country", gravado na Suécia com o produtor Jari Haapalainen (já trabalhou com Ed Harcourt).
E a ligação pode ser encontrada na pop melódica, de cariz romântica. Estamos presente 10 canções com uma beleza orquestral notavel, apoiada nos excelentes arranjos da secção de cordas, e no clássico som do orgão sempre presentes. Canções como "Come Back Margaret", "If Looks Could Kill", ou "Dory Previn" (dedicado à cantora americana dos anos 70, que parece servir de inspiração para a vocalista Tracyanne Campbell). Outras influências que podem servir para entender o charme desta banda de Glasgow, que apesar de se ter formado em 1993, só editou o primeiro album em 2001, são as girls-band da Motown dos anos 60 (Supremes, etc), os Velvet Underground, e os The Pastels.
Recomendado aos fãs dos antigos Belle & Sebastian (expecialmente os que ficaram desiludidos com "The Life Pursuit".

6 comentários:

O Puto disse...

Gosto imenso deste disco pop viciante, assim como gosto também do "The Life Pursuit", que não me desiludiu de forma alguma.
Quando passo música, não resisto a passar o Lloyd Cole junto ao tema que os Camera Obscura lhe dedicaram. Outra passagem curiosa é o de "Let's Make Love and Listen Death From Above" para um tema deste últimos, já extintos.

The Man Next Door disse...

Espectacular pop frágil, que parece que fica ainda mais vulnerável cada vez que ouvimos. Qt aos B&S, continuo a preferir "If you're feeling sinister" ou "The boy with the arab strap"

Shumway disse...

Definitivamente "If You're Feeling Sinister". É muito limpido.

M.A. disse...

Eu considero o "The Life Pursuit" um bom disco. Os B&S estavam mesmo a precisar de mudar qualquer coisa na sua música, e este disco vei na altura certa. Mas também não sou daqueles que os põem num pedestal. Acho-lhes alguma piada, só.

O Puto disse...

Também gosto muito do "If You're Feeling Sinister", que continua a ser o meu favorito.

JORGE disse...

não acho que seja excelente, contudo é um bom álbum, gostei imenso.