18 julho 2007

Singles # 1 - The La’s – “There She Goes” (1988 Go! Discs)

Uma das canções mais belas de sempre, com as suas harmoniosas guitarras e cativantes letras, vaticinaram o “Britpop” que ainda estava a anos de distância. Apesar de ter sido originalmente editada em 1988, foi com a reedição deste single (e a consequente edição do seu único álbum) em 1990 que este quarteto de Liverpool se tornou numa das mais famosas bandas de “one-hit-wonder”, como os “brits” tanto gostam.
Liderados por Lee Mavers, um perfeccionista, que preferia ter guardadas na sua cave as versões rudimentares e "lo-fi" da suas composições, do que ter editado a versão final que a sua editora lançou, produzida pelo conhecido Steve Lillywhite.
No álbum de 1990, de título homónimo, misturando as melhores partes dos Beatles, dos The Kinks, e dos Who, Mavers compôs simples canções que cantava com uma voz extramamente vulgar e um impecável sentido de ritmo e graciosidade.
O baixista John Power iria formar os Cast, e tentar dar continuidade ao som dos La’s, sem sucesso.
No entanto este disco permanece como uma das mais sólidas referências do “indie-pop”.
:
Video

5 comentários:

M.A. disse...

É, a par da canção que dá nome ao meu blogue, uma das responsáveis da minha relação afectuosa com o indie pop, já lá vãi 20 anos.
Uma autêntica pérola que não merecia aquela versão merdosa na voz de uma menina. Mereciam um tiro no joelho aqueles Sixpence(?)!

Abraço

Joe disse...

Palavras para quê? É uma grande, grande canção e usa pasta medicinal Couto!

sonia teixeira disse...

Perfeita.
E é ideal para esta altura do ano.
;)

O Puto disse...

É uma "Timeless Melody" (curiosamente mais um título de uma música dos La's). Comprei (finalmente) o CD há umas semanas.

Kraak/Peixinho disse...

É mesmo verdade! Estive mesmo para passar esta música quando fui pôr som ao Incógnito. Esteve mesmo quase quase e ia ser ao princípio da noite. Depois não sei porque segui outro caminho. :Z

Hugzz!